domingo, 12 de fevereiro de 2012

Ranger murmúrios


Felicidade
é abrir-te devagar como uma porta
rangendo murmúrios
para o meu corpo entrar.

E depois, depois voltar a fecha-la atrás de mim
e caminhar em ti em ritmos certos
para que os meus passos se confundam com o
bater do coração.
E depois, depois semear em ti trigo novo
e soltar papoilas nuas da minha boca
para que se misturem com o teu sangue.

E depois,
depois perder-me nesse sonho sem regresso
só com a luz dos teus olhos
a levarem notícias do mundo!...

João Morgado

5 Desejosos(as) comentaram:

Juan disse...

A felicidade é uma coisa muito estranha! Dia Bom Beijos:))

Fogo disse...

Bela Foto!

Oana Gomez disse...

Juan,
a felicidade pode ser bem simples! Tão simples que até estranhamos... Boa semana!
Beijos.

Oana Gomez disse...

Fogo,
concordo contigo. É uma bela e forte imagem!

Water disse...

preciso desesperadamente daquilo....

Enviar um comentário