terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Elogio do pecado



Ela é uma mulher que goza
celestial sublime
isso a torna perigosa
e você não pode nada contra o crime
dela ser uma mulher que goza

você pode persegui-la, ameaçá-la
tachá-la, matá-la se quiser
retalhar seu corpo, deixá-lo exposto
pra servir de exemplo.
É inútil. Ela agora pode resistir
ao mais feroz dos tempos
à ira, ao pior julgamento
repara, ela renasce e brota
nova rosa

Atravessou a história
foi queimada viva, acusada
desceu ao fundo dos infernos
e já não teme nada
retorna inteira, maior, mais larga
absolutamente poderosa.

Bruna Lombardi

2 Desejosos(as) comentaram:

Helena Blue Moon disse...

Gosto muito dessa poesia...Bj!

Oana Gomez disse...

Helena,
gosto que gostes ;)
Beijo!

Enviar um comentário