terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Ponto de vista


Eu não tenho vergonha
de dizer palavrões,
de sentir secreções
(vaginais ou anais).
As mentiras usuais
que nos fodem subtilmente
essas sim são imorais,
essas sim são indecentes.
Leila Míccolis

17 Desejosos(as) comentaram:

lovely disse...

Linda foto texto divinal, parabéns.
Beijos

Oana Gomez disse...

Lovely,
obrigada!
Beijos ;)

Kronos disse...

Grande foto aliada a um texto delicioso!! um achdo mesmo!!

bjos Oana
;)

K

Water disse...

muito bom

beijos

Oana Gomez disse...

Kronos,
ainda bem que gostaste ;)


Water, obrigada;)

Beijos

AMANTES disse...

Belas e fodidas palavras...

Oana Gomez disse...

Amantes,
assim é!

Me disse...

O texto tem uma boa mensagem!
A foto é demais! (adoro fotos com chapéus!)




Beijo

ConnectH disse...

Adoro mulheres com chapéus!!

Oana Gomez disse...

Me, o texto é nu e cru, como os prazeres...

Boa Noite! Beijo :))

Oana Gomez disse...

Connect,
Também gosto... e esta é particularmente bela!

justme disse...

pegando no verbo da citação, infelizmente somos fodidos quase todos os dias....
ps. imagem soberba. 1Bj

Oana Gomez disse...

justme, sim, somos!

Beijo

O Santo Diabinho disse...

Palavras sábias e interessantes...
:P

Beijo

Eros disse...

Fodasse! Poema brilhante que fode!
Palavrões... tempero, especiaria...

Beijos...

M4rciano disse...

Dei a uma mulher um chicote,
Chamei-lhe amante na estrada
Que nos conduzia ao paraíso.
Ao ouvido chamou-me mascote
Fez de mim sua fiel montada,
E a galope perdemos o juízo.

(M4rciano)

Oana Gomez disse...

M4rciano,
a galope se perde o juízo,
a galope se chega ao céu.

Enviar um comentário